Partido Nacional Fascista

Partido Nacional Fascista (italiano: Partito Nazionale Fascista, PNF) era um partido político italiano, criado por Benito Mussolini como expressão política do fascismo italiano (anteriormente representado por grupos conhecidos como Fasci). O partido governou o Reino da Itália desde 1922, quando os fascistas tomaram o poder com a marcha sobre Roma até a queda do regime fascista em 1943, quando Mussolini foi deposto pelo Grande Conselho do Fascismo.

Antes do PNF, o primeiro partido político estabelecido por Mussolini era conhecido como Partido Fascista Revolucionário (Partito Fascista Rivoluzionario, PFR), que foi fundado em 1915, segundo Mussolini. Após maus resultados das eleições de novembro de 1919, a PFR acabou sendo renomeada para o Partido Fascista Nacional durante o Terceiro Congresso Fascista em Roma, de 7 a 10 de novembro de 1921.

O Partido Fascista Nacional estava enraizado no nacionalismo italiano e no desejo de restaurar e expandir territórios italianos, que os fascistas italianos consideravam necessário para uma nação afirmar sua superioridade, força e para evitar sucumbir à decadência. Os fascistas italianos alegaram que a Itália moderna é a herdeira da Roma antiga, seu legado e historicamente apoiou a criação de um Império Italiano para fornecer spazio vitale (“espaço vital”) para a colonização por colonos italianos e para estabelecer o controle sobre o Mar Mediterrâneo.

camisasnegras
Membros do Partido Fascista nas ruas da Itália
Fundado em:

1915

Localidade

Itália

Pessoas Chave

Benito Mussolini

Resumo

Fundado por Mussolini, o PNF foi quem impulsionou a organização partidária da extrema-direita em toda a Europa nos anos 1920